1/23/2006

Up Against the Wall*











Não. Não. Este não é o presidente que escolhi. Recupero o folêgo. Não lamento as expectativas. Escondo o desalento. Respiro fundo o que posso respirar. Cerro os dentes. Encerro a consciência da dor. Lembro-me como era. Antes. Eu. Recordo. Me. Que a democracia é (também) isto. E escolho ficar de pé. Contra este muro. Afasto o embaraço de ser portuguesa hoje. Ou sempre. Como possível. E escolho. Ficar. De pé. Animadamente. Como a música. De pé. E contra.

* John Coltrane (3:19) in 'Impressions'

16 comments:

vanessa said...

Porque a luta começa logo no dia seguinte!

Carlos Azevedo said...

Isto sim, é uma boa escolha!
Abraço.

Elisa said...

Isso mesmo Vanessa!

Elisa said...

Carlos
Também achei
Outro

Anonymous said...

I don´t mean a thing if it ain´t got that swing. E ele parece não ter mas vai jurar cumprir a constituição. E o espírito republicano diz-me que este foi o presidente que escolhemos. Todos. mesmo eu que não votei nele. Don´t worry! Be happy. Saúde, fraternidade e um beijinho.

Elisa said...

Hum... preocupar-me, preocupo-me... Beijinhos.

casimiro said...

Há um milhão de eleitores que alternam o seu voto, (fundamentalmente entre PS ou PSD) em função do aspecto do candidato e da empatia do mesmo. Muitos dos que votaram agora Cavaco, votaram Socrates em 2005. Estas pessoas estão mais vulneráveis a máquinas partidárias e aos efeitos de marketing dessas máquinas. Um milhão de pessoas, é muita gente...
Parece que o pensamento dominante dos que decidiram a eleição é de que agora precisamos de um "duro" e "expert" para pôr isto no lugar...
Resta nos encolher os ombros, aceitar a derrota, estar atentos, e fundamentalmente, continuar a ouvir boa música.

Beijo Elisa

Elisa said...

Exacto inquieto ;-)
Beijo

Gregorio Salvaterra said...

Agora jazz tá!
E porque há temas para todas as circunstâncias...
Chano Dominguez - Iman - faixa 12

Assim
G.S.

Elisa said...

Pois é Gregório
Agora jazz tá. e teremos sempre o jazz e temas adequados a todas as circunstâncias.
Seja bem regressado, contador de gaivotas :-)
Bjo

Bruno said...

Elisa

Concordo contigo. Acho que há uma certa razão para estarmos preocupados. Todos os que não escolheram este presidente. Como tu, como eu, como muita gente. A ver vamos nos próximos tempos como decorre este filme.

Beijo

Bruno

Elisa said...

eu acho que não é bem um filme, Bruno. Vai ser mais tipo uma telenovela mexicana :-)
Bjo

Bruno said...

Elisa

Pois. Talvez tenhas razão. Mas olha que esta telenovela mexicana vai durar mais que os Morangos com Açucar e vai ser mais enfadonha.
Talvez ainda vejamos os DZRT a cantar o hino em Belém :))) Já não duvido de nada.

Bj

Elisa said...

Cavaco com Bolo Rei. Seguramente mais enfadonho. E ainda mais pimba. Eu duvido de tudo. Por isso estou á espera de quase tudo, também.
Bjo

kiara said...

tens uma escolha espetacular, isso sim ...
bjss.
o teu blog é sinistro

Elisa said...

obrigada por dizeres que a esolha é espectacular kiara. São algumas das musicas que eu gosto e ouço. Mas... sinistro????? Essa é que não entendi.