6/05/2006

Que Pasa?*















Anselm Kiefer - Falling Stars


Nada. Não se passa nada. Absolutamente nada. Excepto só me apetecer estar dentro deste quadro de Kiefer. Deitada na erva. A olhar para o brilho das estrelas (o que me falta a mim) e não fazer nada. Absolutamente nada. Talvez pensar em ti. Perguntar às estrelas: Que pasa? E elas vão responder-me que te sentes assim feliz como eu. Por nada se passar. Por estar tudo bem. Por estares noutro sítio qualquer. Deitado noutra erva. A contemplar o brilho das estrelas. Não outras. Mas exactamente. Absolutamente as mesmas. Não se passa rigorosamente nada. E no entanto. É como se vivessemos a absoluta comunhão de tudo. Ainda. Na contemplação das estrelas. Na felicidade sossegada que é nada se passar. De podermos. Ainda. Embora cada um por seus caminhos. Deitarmo-nos na erva. E olhar para o brilho das estrelas. Com a cara toda.

* Horace Silver (7:47) in 'Song For My Father'

7 comments:

della-porther said...

Sensacional. Foto e texto.
Beijos

Elisa said...

:-) Della. Muito Obrigada.

Carlos Azevedo said...

Há qualquer coisa que me incomoda nesta imagem. É como se o corpo estivesse inanimado, ou morto...

Elisa said...

Carlos
Talvez o corpo esteja morto. Ou inanimado. Mas a mim parece-me que está só a apanhar o brilho das estrelas, com o corpo todo, muito sossegado

Razul said...

Cosmic body...

Elisa said...

Olá Rui
É não é? :)
Bjo.

Rui Paulo said...

Gosto do Horace Silver. Só há pouco tempo soube que ele é caboverdiano: o seu nome verdadeiro é Horácio Tavares da Silva. Achei piada.