7/16/2007

Hello Dolly*
















O meu boneco, imensamente favorecido - por João Tavares







Se eu fosse um desenho animado, era certamente uma figura simpática como esta. Só faria coisas boas. Nunca me arrependeria de nada. Teria um ganchinho permanente a segurar-me a franja e um jornal debaixo do braço, onde se leriam apenas notícias extraordinárias. Se eu fosse um boneco animado a minha vida seria mais verdadeira. E eu muito melhor pessoa. Pelo menos, não teria medo.


* Louis Armstrong (2:27) in 'Hello Dolly'

14 comments:

jorge said...

pois... mas é melhor seres"a pessoa" mesmo com todos os medos :)

maria m. said...

LOL!... bom que é permitido sonhar, sonhar coisas também elas extraordinárias!

como desenho animado, estás muito bem, mas como pessoas olha que não estás nada mal. com medo e tudo. ;)

Elisa said...

Achas Jorge? Hum... não sei, não sei...

Elisa said...

rs... obrigada Maria

CigarraJazz said...

Gostei do seu boneco. Penso que o artista conseguiu revelar algumas coisas importantes sobre si, se me permite o comentário: simpatia, inteligência, sensibilidade e alguma insegurança (será o tal medo?). Mas quem não tem essas fases, não é gente...A vida é tão estranha, que, não admira que, de vez em quando, tenhamos esse choque com a «realidade».

Elisa said...

pois é Cigarra... a vida é muito estranha... but anything goes. Obrigada pelas suas palavras.

José Alexandre said...

mas qual favorecido qual quê? és linda, e pronto. com medo e tudo. se fosses melhor onde era o lugar de deus? :) deixa-te ser assim.

Elisa said...

Alexandre... deixo, que remédio. Tu és demasiadamente simpático... :-)

José Alexandre Ramos said...

sincero.

Elisa said...

simpático :-)

John Lester said...

Bonito blog.

Elisa said...

Obrigada John. Também acho, por acaso.

Salsa said...

Lester providenciou, no http://jazzseen.blogspot.com/, o link para o bebedeiras. Estamos conectados, pois.

Elisa said...

Também vou linkar o Jazzseen salsa ;-)